Arquivo da categoria: Sampa

O Mirante da Cultura

11919112_1615080328741898_800054829091002862_n

Há mais de 70 anos um espaço foi criado para constituí arte, entretenimento e lazer ao público paulistano. Estava sendo inaugurado o Mirante da 9 de Julho.

Sediado na Avenida 9 de Julho, embaixo da Avenida Paulista, o Mirante seria de grande valia para o desenvolvimento social para a cidade de São Paulo, e também para o Brasil, mas não foi nada disso o que sucedeu, pois o espaço ficou vazio por décadas, tornando-o até perigoso para quem passava por lá a pé, já que usuários de drogas e a bandidagem, dominavam o local.

Todavia, nem tudo é para sempre, e o feio hoje, pode se transformar no belo de amanhã. Então, em Agosto de 2015, aquele mausoléu arquitetônico foi reinaugurado com o intuito do qual foi projetado, propagar a arte pela cidade.

O Mirante 9 de Julho é um centro cultural a céu aberto, onde realiza-se exibições de filmes, exposições, músico ao vivo, intervenções artística, etc. Além de um café bar, com comidas, bebidas e café, para aproximar ainda mais as pessoas de algo que ficou décadas as escuras e sem utilidade.

SERVIÇO

Mirante 9 de Julho
Local: Rua Carlos Comenale, s/n. São Paulo/ Brasil.
Horário de funcionamento: 10h às 22h
Site | Facebook | Instagram

Por: Patrícia Visconti

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Sampa

24 horas de cultura na Biblioteca Mario de Andrade

12115544_1018675671516262_3108832820690665480_n

No começo de outubro, no dia 9, quem passou pela Biblioteca Mario de Andrade a noite, percebeu algo diferente nela, pois suas portas estavam abertas, pois a BMA está com um projeto em celebração ao nascimento de seu patrono, que completaria 122 anos neste mês (9/outubro/1893).

Essa iniciativa veio de encontro ao seu público, que cada ano que passa, mais jovens vem se interessando em frequentar a biblioteca, pois 90% dos mais de 1.200 visitantes diários tem menos de 33 anos e agenda cultural da BMA terá reforço e também um novo sistema de devolução.

A abertura 24 horas será de maneira graduada, pois serão programados nas semanas alguns eventos fora do horário normal de funcionamento, que servirão como testes antes da implantação total do atendimento em tempo integral.

O primeiro que ocorreu no dia 9, foi “Demasiado Pasolini”, realizado a partir das 22h, teve exposição, performance do Grupo Sensus e o “sarau picante” Poéticos & Eróticos, trazendo mais de 1000 pessoas para a Biblioteca durante a madrugada. Já no domingo, dia 11, a BMA realizou a abertura da exposição “Torres Garcia – El niño aprende jugando”, que incluiu também oficinas para o público infantil.

Sobre a BMA:
A Biblioteca Mário de Andrade (BMA) é a principal biblioteca pública da cidade de São Paulo, Brasil. Fundada em 1925, a partir do acervo da Câmara Municipal, consolidou-se ao longo de sua história como uma das mais importantes instituições culturais brasileiras. Seu edifício-sede, localizado no centro histórico da capital paulista, é considerado um dos marcos arquitetônicos do estilo art déco na cidade.

Serviço
Biblioteca Mario de Andrade
Rua da Consolação, 94 – Consolação
São Paulo – SP
Telefone: (11) 3775-0002
Site: http://www.bma.sp.gov.br/
Facebook
Twitter

Veja abaixo o vídeo de apresnetação da BMA 24 horas:

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Arquivado em arte, Sampa

[FESTA] Heineken Up On The Roof no Edifício Martinelli, em São Paulo

heineken-up-on-the-roof-

No fim de semana a Heineken trouxe para a cobertura do Edifício Martinelli, centro de São Paulo, a segunda edição do projeto Heineken Up on the Roof, que neste ano com a Garden Edition. A ideia desse projeto tem como objetivo reunir a galera de São Paulo em um único lugar, sendo a primeira vez no terraço do Ed. Martinelli, com entrada gratuita e festa de janeiro a março deste ano, com música, arte, paisagismo e claro cerveja, afinal onde tem cerveja tem galera reunida.

O Heineken Up on The Roof terá projeto assinado pelo paisagista Gilberto Elkis, intervenções de artistas selecionados pela Urban Arts, serviço de bar do Barê e curadoria musical de Lúcio Ribeiro. As sextas, famosas festas da cidade se revezarão: Selvagem, Party Intima, Inner, Gop Tun e Damn Friday’s; aos sábados é a vez das bandas; e aos domingos os DJ’s. Neste período, também acontecerão festas pré-carnavalescas com famosos blocos de Carnaval da cidade.

10868076_684851648300706_3623258503319182864_n

* A entrada é gratuita e o público poderá participar por meio de cadastro em lista disponibilizada na página oficial do evento no Facebook.

Serviço:
Heineken Up on the Roof – Garden Edition no Edifício Martinelli
Local.: Av. São João, 35 – Terraço
Abertura para público: 18 de janeiro, domingo, às 16h
Dias de funcionamento: sexta-feira, das 17h à 0h
sábados e domingos, das 16h à 0h
Capacidade total: 250 pessoas
Período de funcionamento: 17 de janeiro até 1º de março
Entrada: após cadastro em lista na página oficial do evento

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Arquivado em Sampa

Um lugar para chamar de seu…

1394349_792753934083878_1501530620_n

Prometi que iria escrever mais por aqui, em meu recesso em O Barquinho, mas infelizmente não tive tempo de escrever e pensar em dicas e pautas legais para ilustrar nosso UnderPop, porém estive caçando sugestões para os sobreviventes do submundo cultural desta megalópole chamada São Paulo.

Inaugurou no final do ano passado, a Hussardos Clube Literário, uma mistura de livraria, lounge e café, oficina de produção e acabamento manual de livros, editora e agência literária. Um espaço único e exclusivo para os escritores freelancers de plantão, que apenas querem um espaço para produzir suas obras e literaturas.

O Hussardos Clube Literário está localizado bem no centro da capital paulista, no segundo andar de 1557660_819757634716841_1724106949_num tradicional prédio da cidade, a poucos metros do metrô República. E o melhor, os interessados podem se associar ao clube, – para associar-se, envie seu nome, atividade, RG, endereço e telefone para: hussardos@gmail.com – e usufruir do espaço com escritório para a criação de seus textos e também, na edições de livros e revistas, além de ter auxílio à produção gráfica do mesmos, utilizando hardware e softwares específicos para editoração, com a consultoria de editores e designers, entre outras vantagens extras, como descontos na Livraria Hussardos, no Café e Bar, em cursos de produção gráfica e acabamentos manuais de livros, nas oficinas literárias e também terá preferência na utilização do Clube para lançamentos e apresentação de sua produção.

Mas o preço da associação é melhor ainda, pois deixa qualquer Coworking no chinelo, pois a mensalidade não passa de R$ 50,00, além dos outros planos, como semestralidade e anuidade.

Interessante, não acham?

Curtiu a ideia em se associar, ou apenas em conhecer a livraria, então se liga abaixo no endereço da Hussardos Clube Literário.

Ah! o clube também realiza diversos eventos na área cultural e literário, entre eles lançamentos de livros, revistas, discos e novidades para os amantes da cultura pop e alternativa.

SERVIÇO

Hussardos Clube Literário
Rua Araújo, 154, Centro – São Paulo/ SP
Horário: 14h às 22h
Entrada GRÁTIS
Facebook Oficial

Por Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Arquivado em arte, Literatura, Sampa

Avenida Paulista, o cérebro de São Paulo

avenida-paulista01

A  Avenida Paulista é uma das principais avenidas da capital de São Paulo, um dos centros empresariais e também grande polo cultural, tendo o MASP, a Fiesp, o Conjunto Nacional, Itaú Cultural, a Casa das Rosas, entre outros marcos culturais e financeiros, que só encontrar na Paulista, que se localiza no limite entre as zonas Centro-Sul, Central e Oeste; e em uma das regiões mais elevadas da cidade, chamada de Espigão da Paulista.

A avenida foi criada no final do século XIX, a partir do desejo de paulistas em expandir na cidade novas áreas residenciais que não estivessem localizadas imediatamente próximo às mais movimentadas centralidades do período, por essa época altamente valorizadas e totalmente ocupadas, tais como a Praça da República, o bairro de Higienópolis e os Campos Elísios.

A avenida Paulista foi inaugurada no dia 8 de dezembro de 1891, por iniciativa do engenheiro Joaquim Eugênio de Lima e do Dr. Clementino de Souza e Castro (na época Presidente do conselho de intendências da cidade de São Paulo, atual cargo de prefeito), para abrigar paulistas que desejavam adquirir seu espaço na cidade.

A avenida Paulista foi a primeira via pública asfaltada de São Paulo, em 1909, com material importado da Alemanha, uma novidade até na Europa e nos Estados Unidos.

Esse perfil estritamente residencial da avenida permaneceu até meados da década de 1950, quando o desenvolvimento econômico da cidade levava os novos empreendimentos comerciais e de serviços para regiões afastadas do seu centro histórico.

A avenida Paulista não é só trabalho, também é lazer, pois abrange vários restaurantes e casas noturnas, além de ter a Praça do Ciclista, que está localizado no canteiro central da Avenida Paulista, entre a Rua Bela Cintra e a Rua da Consolação, e foi criada no ano de 2007 pelo então prefeito Gilberto Kassab, sendo um ponto de encontro não só para quem anda de bicicleta, mas também para todos que andam pela avenida.

Está é a Avenida Paulista, o maior centro financeiro e com diversos pólos culturais em uma só via na cidade de São Paulo.

Deixe um comentário

Arquivado em Sampa

A praia do paulistano

10126171 Umas das construções arquitetônicas mais polêmica e contraditória dos paulistanos, o Elevado Costa e Silva, ou simplesmente o Elevado ou Minhocão, é uma via expressa elevada da cidade de São Paulo, Brasil, que liga a região da Praça Roosevelt, no centro da cidade, ao Largo Padre Péricles, em Perdizes.

Idealizado na década de 60 pelo arquiteto do departamento de Urbanismo da Prefeitura sugeriu ao então prefeito José Vicente Faria Lima uma via elevada sobre a Avenida São João, que poderia diminuir o trânsito no local. O arquiteto elaborou um projeto até a Praça Marechal Deodoro, recusado pelo prefeito, que conhecia o efeito que tais obras tinham causado em outras cidades, e após a entrada de Paulo Maluf na prefeitura, ele deu continuidade a obra até o Largo Padre Péricles, em Perdizes.

Mas, os tempos foram passando e o caos no trânsito aumentando a cada dia, toda aquela construção acabou denegrindo e descentralizando a região central, ocasionando em um tremendo caos sonoro e fazendo com que a população da região migrasse para outras partes da cidade, fazendo-o que o Minhocão se transformasse numa passarela caótica do trafego diário.

Há projetos na câmara para demolir o viaduto, mas um enviado pelo ex-prefeito Gilberto Kassab, mas sem conclusões felizes e o projeto foi arquivado. Também tem ideias de construções de parques e vias para diversão e entretenimento à região, como o “Piscina no Minhocão”, que acontecerá no dia 1º de Dezembro, a partir das 10 horas da manhã até a lua surgir altas horas da noite.

537312_10200765818493321_1515592803_n

A ideia é da arquiteta paulista Luana Geiger, e dita-se em apropriar o Minhocão na escala da cidade ao criar uma estrutura efêmera e penetrável baseada na experiência sensorial. Será um dia de duração, aberta a apropriações de todo tipo: CHEGA JUNTO, com quatro caminhões pipa e a piscina terá 50 metros de extensão (tamanho de uma olímpica) pela largura de uma das pistas, rasa (30 cm) e com cloro.

Além do mais o som rolando durante o dia todo, sob o comando de RamiroZ, MZK, Peba Tropikal, Samuca Ahmaral, Julião Pimenta, Beera, André Eloi e Don “duforró” Magrones. Será um domingo de sol, calor e diversão, com o apoio para a revitalização da região central de Sampa, que hoje necessita de um apoio para que ela volte a viver, e não apenas seja uma passagem na hora do rush de casa para o trabalho.

SERVIÇO

Piscina no Minhocão

Data: 1/Dezembro/2013

Horário: 10:00 até 22:00

Local: Via Elevado Presidente Artur Da Costa E Silva

São Paulo/SP

Confirma sua presença AQUI!

Vamos chegar junto e curtir muito, pois São Paulo pode não ter praia, mas diversão é o que falta!

Assista o vídeo promocional do evento AQUI. E para colaborar com projeto, basta acessar o catarse.me e dar seu lance para que os curadores possam manter a ideia por muitos outros verões.

É isso ai…

@pavisconti

Deixe um comentário

Arquivado em Sampa

Um hostel pra chamar de casa!

576580_669039423128463_312553416_n

A dica hoje é para os viajantes e hóspedes, que vêem a São Paulo e querem ficar num lugar aconchegante, tranquilo, mas que fique próximo aos pontos badalados e turísticos da cidade, além não querem gastar muito para se hospedar.
A sugestão é ficar num hostel, um lugar que tem tudo isso, ainda mais, com um jeitinho de casa de avó, diferente dos hotéis em comum, onde o tratamento é mais frio e formal.

O Hostel Alice tem tudo isso e ainda mais, fica localizado em um dos bairros mais boêmios e populares da capital paulista, a famosa Vila Madalena, estando apenas uma quadra do metrô, que liga o bairro aos principais pontos turísticos da cidade.

O hostel dispõe de uma suíte privativa e diferentes opções de quartos coletivos, prezando sempre pela qualidade de seus serviços: o café da manhã é sempre fresquinho, os quartos e banheiros são limpos diariamente e nossa equipe está sempre pronta a passar informações e bater um papo. Aqui você pode se sentir mais do que em casa: somos a casa da sua avó.

Além do mais, uma receptividade única e exclusiva, com profissionais biligues 24h, que estão sempre prontos a ajudar e servir os hóspedes como uma grande família.

O hostel também disponibiliza seu espaço para a realizações de eventos culturais, incentivando novos artistas e produtores a propagaram suas artes a seus frequentadores e amigos.

1394068_10201453518234294_131785061_n

Informação Geral
Serviços inclusos na diária:

– Café da manhã balanceado (das 7h às 10h)

– Lençóis, cobertor, travesseiro.

– TV a cabo, DVD, internet e boa música.

– Armários individuais nos quartos.

– Café, chá e água a vontade.

– Frutas à vontade todos os dias.

Quer conhecer o Hostel Alice, então se liga abaixo:

SERVIÇO

Hostel Alice
Rua Harmonia, 1275 – Vila Madalena
São Paulo/SP
Mais informações: www.hostelalice.com.br

É isso aí, até a próxima com mais uma dica desta megalópole chamada São Paulo!
See ya…
@pavisconti

Deixe um comentário

Arquivado em Sampa