Arquivo da categoria: Uncategorized

Recanto mineiro em pleno litoral

31671834_8_r3-mZVNRpxS95KDUIBuG7KO4z0KQ0dFdSLd-2LEJI

11539565_10204256804892947_3961275278185447988_nSabe aquele restaurante típico de beira de estrada, com cara de que é frequentado por caminhoneiros e pessoas locais, que conhecem um lugar bom e barato para comer? Pois bem, esse lugar encontra-se na Praia Enseada, em Ubatuba, litoral norte de São Paulo.

O restaurante Recanto de Minas oferece comida típica de Minas Gerais, além de pratos caiçaras, servindo o melhor da entrada a sobremesa, e com direito a uma prova da pinga caseira, exclusiva da casa.

Com produtos frescos e feitos na hora, é uma ótima pedida para quem chega à Ubatuba e não sabe onde irá comer, com um cardápio com múltipla opções de pedida.

1376599_10207299994364700_8845391417843387539_nO atendimento é ímpar, atenção e carisma fazem toda a diferença, com degustação de bebidas e uma pimenta caseira que é excepcional, difícil não lembrar e salivar de saudades. Como comida de mãe, você come e repete!

O menu rico para todos os paladares, de carnes, peixes, frutos de mar, frango, e até pizzas, com mais de 20 sabores, e o preço vale cada centavo pago, pois a qualidade preza pelo sabor.

Em um ambiente familiar e caseiro, como um almoço de domingo na casa da avó, em que a mesa é farta, rica e a comida é excelentemente boa.

11701049_10207313764228938_2001639443526085509_n

SERVIÇO

Restaurante e Pizzaria Recanto de Minas
End: Avenida Marginal, 1460 – Enseada; Ubatuba/ SP.
Tel.: (12) 3842-1212

Por: Patrícia Visconti

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Do Jazz ao Pop

1512816_656233741080893_1680983356_n

Apesar da origem da palavra “jazz” ser incerta, o estilo musical surgiu no início do século 20, com o intuito de promover e apresentar as origens negras residentes no sul dos Estados Unidos.

O primeiro músico do gênero pode ser considerado, Earl Hines, nascido em 1903, apesar dele não considerar um artista do gênero, mas no início do século ele começou a tocar piano mesclando estilos de uma forma diferente a que se apresentavam na época.

1001265_636757713028496_2131584418_nA mistura do jazz traz diversas variações musicais, principalmente influenciado pela cultura africana, formando um novo estilo para a música, sendo incorporado ao blues como uma resposta de forma súbita à música, com improvisações de ritmos e swings.

Tocado por instrumentos de percussão, o jazz possuí uma forma variável a ser apresentado, criando um estilo único e uma maneira irreverente em sua repercussão.

Visando essa variedade de se apresentar o jazz, um grupo de São Paulo de estudos do gênero resolveu se reunir e popularizar o jazz na terra da garoa, levando-o o estilo ao seu lugar de origem, as ruas e ao povo.

Pegando uma Kombi e caracterizando-a para deixá-la mais musical, o grupo promove o Jazz na Rua, como uma forma de compartilhar a música aos ouvidos dos que passam pelas ruas, aproximando-o ainda mais dos populares e fazendo-o com que as pessoas conheça a boa música, aquela que não está nas rádios e TV comerciais, mas sim que vem direto das ruas, fazendo delas o seu próprio palco, de graça e com muito estilo.

Conheça mais sobre a Jazz na Kombi, e aprecie um pouco deste som que vem povo para o povo!

Por: Patrícia Visconti

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Simples e aconchegante!

306705_10152272031230384_1114809458_n

Já tem alguns anos que frequento a Rua Augusta, e já vi diversos bares abrirem e fecharem as portas em questão de meses, bares bons, bares caros, botecos, becos, lanchonetes, mercearias, etc. Uma efervência de estilos e culturas em apenas um único lugar, o democrático Baixo Augusta.

Há algumas semanas atrás zapeando no Foursquare, um dos meus amigos por lá, havia feito check in em um tal de Dona Teresa Bar, muita curiosa e atentas as novidades, fui pesquisar, e me deparei com um lugar bem aconchegante, e no último sábado fui conferir o ambiente.

O bar é simples, pequeno, mas bastante aconchegante. As toalhas de chita e as cadeiras desiguais nas mesas, dão um toque família, e aproxima ainda mais os presentes ao recinto. Os garçons, em um estilo despojado e alternativo, foge dos padrões encontrados em outros bares.

As mesas, quase que coladas uma a outra, intimida e aproxima as pessoas, apesar de não poder juntá-las, o próprio espaço já codifica esse achegamento. A iluminação a meia luz, também da todo um charme especial ao recinto.
O cardápio traz uma vasta combinação de comidas típicas de boteco e outras criadas pela própria casa, além de uma ampla carta de cervejas, destilados e aperitivos, além de opções vegetarianas.

Uma dessas comidas inventadas pelo próprio bar, são as batatas rústicas, servidos em porção integral e meia, e com um sabor diferenciado de temperos e condimentos, em que só de falar já encho a boca d’água. A mistura da batata frita, com alecrim, canela, pimenta e outras especiarias dá um toque especial. E claro, que não poderíamos deixar de zapear e encontrar a receita desta delícia, que acompanhada de um bela cerveja gelada, formam um belo par.

Confira a abaixo a receita das Batatas Rústicas abaixo:

Dona-Teresa-3

Batata rústica:
2 batatas astrix grandes com casca
½ colher de café de páprica
2 colher de café de alecrim seco
1 pitada de pimenta calabresa
1 pitada de canela
2 pitada de sal

Modo de preparo:
Cozinhe as batatas cortadas em 4 gomos em água e sal até ficarem macias sem desmanchar, escorra, frite e deixe em papel absorvente.
Junte os temperos secos e jogue por cima das batatas.

Ao trazer o pedido, irá acompanhar a tradicional maionese de rúcula, especialidade da casa, e que até mesmo aqueles que não comem rúcula crua, irá se deliciar com a iguaria.

Mas, um coisa é certa, a primeira vez que você adentra ao bar, quer tornar o ambiente o seu lugar favorito, pois a intimidade e aconchego que lá encontra-se é inevitável e delicioso, assim como seus petiscos servidos lá, que por sinal, não são nada caros comparados a bares e restaurantes renomados da cidade.

Quem quiser conhecer o Dona Teresa Bar e Restaurante, então se liga abaixo no endereço:

SERVIÇO

Dona Teresa Bar e Restaurante
Endereço: Rua Fernando de Albuquerque, 57 – Baixo Augusta
São Paulo/ SP
Horário de funcionamento:
RESTAURANTE: de segunda a sexta, do meio-dia às 15h.
BAR: de segunda a sábado, das 18h à meia noite.

Outra sugestão é, chegue cedo, pois como o lugar é pequeno e eles não fazem reservas, assim como não juntam mesas, e logo após aberto o bar, costuma-se lotar a casa.

Mais info: Facebook | Foursquare | Instagram | Twitter

É isso aí, desculpe-nos a ausência aqui no Under, mas não se preocupem, pois estamos sempre andarilhando buscando lugares gostoso e acessível ao bolso de todos.

Até a próxima, pessoal!
@pavisconti

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized

E aí, vamos conversar?

1901214_245334412308000_1068669839_n

Foto de: Tiago Dadalto Schettino

Na Avenida Paulista as pessoas passam e correm o dia todo, durante a semana, onde o tempo é árduo e corrido e elas quase mal conseguem se envolver com o outro que passa ao seu lado ou senta juntamente no ônibus e metrô. Porém, no sábado as pessoas, apesar de algumas ainda estarem na correria da vida, outras possuem tempo para sair e conversar com os amigos, mas sempre na mesma rodinha e no mesmo grupo social, sem interagindo com os demais.

Mas, por quê será que as pessoas, se dizem tão abertas, mas mal conversa com aquele que está a sua frente, atrás ou ao lado?

Pensando nisso, a capixaba Mariana Schettino, 22, senta em plena Avenida Paulista – na frente do Conjunto Nacional – com umas folhas de papel, tintas, cadernos, energia e muita disposição para trocar experiências de vida.

Foto de: Tiago Dadalto Schettino

Foto de: Tiago Dadalto Schettino

O que faz?
Onde mora?
Onde nasceu?
Quantos anos?
Etc… Etc… Etc…

Perguntas básicas que podem até não remeter a nada, mas que desenrola um bom papo durante algumas horinhas sentadas ali na calçada, enquanto Mari pinta um dos seus quadros.

Mariana não é artista de formação, formada em Turismo, quando vivia em Vitória, ela trabalhava em um buffet como produtora de eventos, a três ao chegar em Sampa e ver correria e loucura desta megalópole, a jovem aproveitou essa ânsia em criar e fazer arte, com a vontade de interagir e conhecer novas pessoas, e também fazendo que outras pessoas também se conheçam.

A artista está todo sábado a tarde em frente ao Conjunto Nacional, e por lá ela fica horas pintando e papeando com a galera que passa pela avenida, uma distração para ela que está recém chegando a cidade e uma oportunidade de uma nova amiga, para aqueles que têm a mente aberta e não se preocupa apenas em sair no mesmo grupinho de sempre.

Quem quiser conhecer mais sobre o projeto ‘Vamos Conversar?’, basta acessar o Facebook ou então seguir o Twitter e o Instagram da artista.

Foto de: Tiago Dadalto Schettino

Foto de: Tiago Dadalto Schettino

É isso aí, pessoal. Até a próxima, com a alguma dica sobre o mundo under e cultural de Sampa!
@pavisconti

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Carnaval n’ Roll no Sesc Pinheiros

festa_folia_inicio_20130209225328

O Carnaval está chegando, quatro dias de folga e descanso, para aqueles não são adeptos ao samba e a muvuca que encontra-se na cidade durante a data, mas não precisa ficar trancado em casa, enfunado e reclamando nas redes sociais. Afinal, são quatros dias para deixar o PC longe dedos.

E para aqueles que não são muito ligados nos ritmos carnavalesco, o Sesc realizará o projeto Folia do Rock, reunindo no domingo de Carnaval as bandas Nevilton, Autoramas e O Terno, que se revezarão pelo palco do Teatro Paulo Autran, no Sesc Pinheiros.

E aí, ficou interessado?
Se liga abaixo…

PROGRAMAÇÃO

Nevilton (PR) | Das 19h às 19h40
Formada em 2007, a banda da cidade paranaense de Umuarama despontou como uma das mais versáteis do novo rock brasileiro ao mesclar o gênero à MPB. Nevilton vem abrindo shows de bandas internacionais e participando dos mais importantes festivais do cenário independente do país. Seu último trabalho, “Sacode!”, foi indicado ao Grammy Latino de melhor álbum de rock brasileiro.

Autoramas (RJ) | Das 20h às 20h40
Formada por Gabriel Thomaz (guitarra e vocais), Nervoso (bateria) e Simone (baixo), a banda produz um som batizado em português como “rock para dançar”, uma mistura da surf music dos anos 1960 com a new wave de 1980 somada a influências de rockabilly, jovem guarda e a energia do punk rock, com guitarras com timbres marcantes, baixo distorcido e batidas dançantes. O grupo já tocou no Rock in Rio em Madri e Lisboa.

O Terno (SP) | Das 21h às 21h40
Tim Bernardes, Victor Chaves e Guilherme d’Almeida formam o trio, cujo álbum de estreia, “66”, foi laçado em 2012. O disco possui cinco canções compostas pelo grupo e cinco versões para músicas de Mauricio Pereira (Os Mulheres Negras), que participa do álbum no sax e no vocal. O primeiro clipe da banda ganhou o Prêmio Multishow 2012 como Clipe do Ano. O Terno ainda venceu a categoria de Aposta MTV do VMB 2012. Em turnê pelo Brasil, O Terno fez shows em Brasília, Rio de Janeiro, Florianópolis e Curitiba, com seu repertório que já vai além de “66” e conta com novas composições que farão parte de seu próximo álbum.

SERVIÇO

Folia do Rock
Apresentação: Nevilton, Autoramas e O Terno 10
Local: SESC Pinheiros
Endereço: R. Paes Leme, 195 – Pinheiros, São Paulo
Data: 02/03 (domingo)
Horário: 19h
Ingresso: R$ 5,00 R$ 12,50 R$ 25,00
Venda limitada a 4 ingressos por pessoa.
A compra do ingresso garante acesso aos três shows da noite.

Mais informações: AQUI

Por: @pavisconti

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Existe folia e diversão em SP!

mystique

Como já sabemos no Brasil o ano só começa depois do Carnaval, e como este ano a festa dos confetes e folia será apenas no dia 5 de março, os blocos resolveram antecipar o ato carnavalesco e sair às ruas da metrópole já no próximo fim de semana, e se prolongar até a quarta-feira de cinzas.

Mas, neste ano o prefeito Haddad não quer ver terceirização ou abadás nas ruas, já que esse evento é uma realização do povo para o povo, sem intermédios e sem limitações, para todos chegar, se divertir e curtir o dia inteiro.

De norte a sul, passando pelo centro, as ruas estarão tomadas por festa, folia e alegria, cada banda ou bloco com suas características e temas próprios, a diversão será unânime e a folia gratuita.

Serviço:

Banda Bantantã
Data: 21 de fevereiro de 2014 (sexta-feira).
Horário: Concentração a partir das 16h. Desfile: 21h.
Local: Butantã.
End.: Av. Waldemar Ferreira com Desembargador Armando Fairbanks, s/n° – Butantã – zona Oeste.

Bloco Classe A
Data: 22 de fevereiro de 2014 (sábado).
Horário: Concentração a partir das 12h. Desfile: 16h.
Local: Barra Funda.
End.: Rua Souza Lima, 295 – Barra Funda – zona Oeste.

Bloco da Ressaca
Data: 22 de fevereiro de 2014 (sábado).
Horário: Concentração a partir das 14h. Desfile: 16h30.
Local: Cambuci.
End.: Largo do Cambuci, s/nº – Cambuci – Centro.

Bloco Barracão Folia
Data: 22 de fevereiro de 2014 (sábado).
Horário: Concentração a partir das 11h. Desfile: das 16h às 19h30.
Local: Pompeia.
End.: Rua Diana, 100 – Pompeia – zona Oeste.

Bloco Soviético
Data: 22 de fevereiro de 2014 (sábado).
Local: Tubaína Bar
Endereço: Rua Haddock Lobo, 74 – Cerqueira César – Centro
Horário: 13:00
Mais info: AQUI

Desfile do Bloco Fuzuê – Ala Quarteto Bom
Data: 22 de fevereiro de 2014 (sábado).
Horário: 15h
Local: Estação da Luz
Endereço: Rua Mauá, Bom Retiro – Centro.
Mais info: AQUI

Banda Grone´s
Data: 23 de fevereiro de 2014 (domingo).
Horário: das 16h às 20h.
Local: Tremembé.
End.: Rua Eduardo Vicente – Tremembé – zona Norte.

Banda do Fuxico
Data: 23 de fevereiro de 2014 (domingo).
Horário: Concentração a partir das 10h. Desfile: das 18h às 23h.
Local: Centro.
End.: Largo do Arouche, 88/96 – República – Centro.

Bloco Acadêmicos do Baixo Augusta
Data: Data: 23 de fevereiro de 2014 (domingo).
Horário: 16h – Concentração a partir das 14h – Rua Augusta X Rua Marquês de Paranaguá.
Endereço: Rua Marquês de Paranaguá esquina com a Rua Augusta, s/número
Bela Vista – Centro.
Mais info: AQUI

Banda Redonda
Data: 24 de fevereiro de 2014 (segunda-feira).
Horário: Concentração a partir das 19h. Desfile: 21h.
Local: Teatro de Arena.
End.: Rua Theodoro Baima, 94 – Consolação – Centro.

Bloco Umes Caras Pintadas
Data: 25 de fevereiro de 2014 (terça-feira).
Horário: Concentração a partir das 16h. Desfile: 17h.
Local: Bela Vista.
End.: Praça Dom Orioni, s/nº – Bela Vista – Centro.

Banda do Candinho
Data: 26 de fevereiro de 2014 (quarta-feira).
Horário: Concentração a partir das 17h. Desfile: 21h.
Local: Bela Vista/ Bixiga.
End.: Rua Santo Antônio, s/nº – Bela Vista – Centro.
Banda do Trem Elétrico
Data: 28 de fevereiro de 2014 (sexta-feira).
Horário: Concentração a partir das 19h. Desfile: 21h.
Local: Consolação.
End.: Rua Augusta (com Rua Luiz Coelho) – Consolação – Centro.

Bloco Esfarrapado
Data: 3 de março de 2014 (segunda-feira).
Horário: Concentração a partir das 10h. Desfile: das 13h às 14h.
Local: Bela Vista.
End.: Rua Conselheiro Carrão, 466 – Bela Vista – Centro.

Informações sobre o Carnaval de rua da Abasp:
Tel.: (11) 99263-3700 / 96742-2630 / 98525-1173

Agora já sabe, escolha o seu bloco e caia na folia, porque atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu!

Por: @pavisconti

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

35ª Saída Fotocultura: Revele + Amor em SP

Imagem

Nessa saída os participantes devem trazer algo legal para a cidade e para as pessoas, e é claro, a fotografar, revelando sua solidariedade, seu amor pela cidade, pelas pessoas, pela fotografia e pelo que essa arte pode fazer pela sociedade! Além disso pela primeira vez estamos pedindo, como inscrição, uma doação.

As Saídas FOTOCULTURA acontecem desde 2008, tem por objetivo trazer todos os interessados em fotografia para a prática, para as ruas da cidade, explorando o espaço urbano, sempre com uma proposta cultural. Assim procuramos unir fotografia, cultura e cidadania. É um evento TOTALMENTE livre, onde todos os fotógrafos são bem vindos. A cada saída temos um tema diferente e prêmios oferecidos pelos patrocinadores, além de um Desafio (competição fotográfica).

Quem pode participar: As Saídas Fotocultura são totalmente livres, qualquer pessoa pode participar, com qualquer tipo de câmera.

Como funciona: Basta comparecer, se inscrever e fotografar. Podem ser usadas câmeras de qualquer tipo e todos podem participar. A cada saída temos um tema diferente, sempre buscando agregar cultura, experiências e conhecimentos, tão necessários a um bom fotógrafo. Mas mesmo havendo um tema, cada um fotografa o que quiser!

Inscrição: A inscrição é feita na hora do evento, não tem pré-requisitos e é gratuita, mas desta vez pediremos a doação de um alimento não perecível para a organização humanitária Ser Humanos sem Fronteiras (http://www.shsf.org.br/) que levará esses itens para a região do Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, uma das regiões mais pobres do país. Pedimos também a doação de câmeras digitais usadas (qualquer tipo), para serem usadas em cursos voltados á jovens carentes. A inscrição é essencial para participar dos sorteios e receber avisos de novas saídas. Depois é só caminhar com o grupo e fotografar a vontade!

Pedimos a Doação de um dos itens abaixo:

– 1 alimento não perecível (arroz, feijão, farinha, macarrão, enlatados, etc.), ou;

– 1 item de higiene pessoal (sabonete, pasta ou escova de dente, etc, ou;

– 1 câmera digital usada para cursos oferecidos a jovens carentes, ou;

– Doação de sangue (trazer comprovante de doação recente, veja locais ao final do texto*).

Roteiro da saída em 16/03:
•10h – concentração no ponto de encontro (Paulista x Al. Rio Claro)
•10h30 – começo da caminhada
•12h30 – chegada no ponto final e foto oficial (Paulista x Consolação)
•12h45 – sorteios

Quando: 16/03/2014 – 10h (duração de 3h)
Onde: Ponto de encontro: Av. Paulista x Al. Rio Claro
(perto do MASP, altura do n. 1374 da Av. Paulista, metrô Trianon-Masp)

Mais detalhes:
FotoCultura -website

Facebook – Página de Eventos

Por Priscila Visconti

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized