Arquivo da tag: cultura

24 horas de cultura na Biblioteca Mario de Andrade

12115544_1018675671516262_3108832820690665480_n

No começo de outubro, no dia 9, quem passou pela Biblioteca Mario de Andrade a noite, percebeu algo diferente nela, pois suas portas estavam abertas, pois a BMA está com um projeto em celebração ao nascimento de seu patrono, que completaria 122 anos neste mês (9/outubro/1893).

Essa iniciativa veio de encontro ao seu público, que cada ano que passa, mais jovens vem se interessando em frequentar a biblioteca, pois 90% dos mais de 1.200 visitantes diários tem menos de 33 anos e agenda cultural da BMA terá reforço e também um novo sistema de devolução.

A abertura 24 horas será de maneira graduada, pois serão programados nas semanas alguns eventos fora do horário normal de funcionamento, que servirão como testes antes da implantação total do atendimento em tempo integral.

O primeiro que ocorreu no dia 9, foi “Demasiado Pasolini”, realizado a partir das 22h, teve exposição, performance do Grupo Sensus e o “sarau picante” Poéticos & Eróticos, trazendo mais de 1000 pessoas para a Biblioteca durante a madrugada. Já no domingo, dia 11, a BMA realizou a abertura da exposição “Torres Garcia – El niño aprende jugando”, que incluiu também oficinas para o público infantil.

Sobre a BMA:
A Biblioteca Mário de Andrade (BMA) é a principal biblioteca pública da cidade de São Paulo, Brasil. Fundada em 1925, a partir do acervo da Câmara Municipal, consolidou-se ao longo de sua história como uma das mais importantes instituições culturais brasileiras. Seu edifício-sede, localizado no centro histórico da capital paulista, é considerado um dos marcos arquitetônicos do estilo art déco na cidade.

Serviço
Biblioteca Mario de Andrade
Rua da Consolação, 94 – Consolação
São Paulo – SP
Telefone: (11) 3775-0002
Site: http://www.bma.sp.gov.br/
Facebook
Twitter

Veja abaixo o vídeo de apresnetação da BMA 24 horas:

Por Priscila Visconti

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em arte, Sampa

Avenida Paulista, o cérebro de São Paulo

avenida-paulista01

A  Avenida Paulista é uma das principais avenidas da capital de São Paulo, um dos centros empresariais e também grande polo cultural, tendo o MASP, a Fiesp, o Conjunto Nacional, Itaú Cultural, a Casa das Rosas, entre outros marcos culturais e financeiros, que só encontrar na Paulista, que se localiza no limite entre as zonas Centro-Sul, Central e Oeste; e em uma das regiões mais elevadas da cidade, chamada de Espigão da Paulista.

A avenida foi criada no final do século XIX, a partir do desejo de paulistas em expandir na cidade novas áreas residenciais que não estivessem localizadas imediatamente próximo às mais movimentadas centralidades do período, por essa época altamente valorizadas e totalmente ocupadas, tais como a Praça da República, o bairro de Higienópolis e os Campos Elísios.

A avenida Paulista foi inaugurada no dia 8 de dezembro de 1891, por iniciativa do engenheiro Joaquim Eugênio de Lima e do Dr. Clementino de Souza e Castro (na época Presidente do conselho de intendências da cidade de São Paulo, atual cargo de prefeito), para abrigar paulistas que desejavam adquirir seu espaço na cidade.

A avenida Paulista foi a primeira via pública asfaltada de São Paulo, em 1909, com material importado da Alemanha, uma novidade até na Europa e nos Estados Unidos.

Esse perfil estritamente residencial da avenida permaneceu até meados da década de 1950, quando o desenvolvimento econômico da cidade levava os novos empreendimentos comerciais e de serviços para regiões afastadas do seu centro histórico.

A avenida Paulista não é só trabalho, também é lazer, pois abrange vários restaurantes e casas noturnas, além de ter a Praça do Ciclista, que está localizado no canteiro central da Avenida Paulista, entre a Rua Bela Cintra e a Rua da Consolação, e foi criada no ano de 2007 pelo então prefeito Gilberto Kassab, sendo um ponto de encontro não só para quem anda de bicicleta, mas também para todos que andam pela avenida.

Está é a Avenida Paulista, o maior centro financeiro e com diversos pólos culturais em uma só via na cidade de São Paulo.

Deixe um comentário

Arquivado em Sampa